quinta-feira, 22 de agosto de 2013

Aprendizes do Salgueiro apresentará no Carnaval 2014 um enredo sobre a cidade de Salvador

By Juninho Tititi

Confira o texto da sinopse divulgado pela agremiação mirim:
Enredo: Salvador

“Alô, Alô, Salvador, Aquele Abraço!!!”
Um dia o Brasil acordou ao som dos versos de um poeta baiano que se declarou à Cidade Maravilhosa.Gilberto Gil compôs ‘Aquele abraço’ e fez o país inteiro ter ainda mais orgulho das terras cariocas.Afinal,o Rio de Janeiro continua sendo..Agora é a vez de trilhar o caminho inverso.É hora do samba abraçar a capital baiana, de celebrar personagens,paixões e paisagens de uma cidade banhada de encantos.”O vento trouxe o meu cantar ,enfeitando o luar da Bahia…” E é pra lá que a gente vai.
‘Muito antes do Império foi a primeira capital’
Terra da magia,banhada de Axé por todos os santos.Os mares que abençoaram os primeiros habitantes da tribo Tupinambá também trouxeram caravelas e negreiros, misturando sangue,línguas e culturas.
E dessa união de negritude,fidalguia e bravura abençoada pelas águas de Iemanjá,emergiu um mosaico de costumes,crenças e artes numa cidade que evoca o sagrado no próprio nome: São Salvador. A primeira das três capitais do Brasil,que hoje recebe o abraço caloroso dos seus irmãos aprendizes.
“Na ladeira tem..tem capoeira”
Com o coração palpitando,a massa branca e encarnada sobe o Pelourinho,o vulcão africano que exala alegria por todas as ladeiras.Balança ao som do din-din-din berimbau,do tum-tum-tum do Olodum,do rá-tá-tá dos blocos,na palma da mão do samba de roda sacudindo a saia das negas louvando aos deuses com os próprios corpos.
E rumo à Cidade Baixa,percorre o Mercado Modelo com suas cores e sabores.Vagueia de Ondina à Itapuã,descansa à sombra dos coqueirais à beira-mar,prova do tempero quente do dendê e do brilho sol que doura a pele de felicidade.
“Terra abençoada pelos deuses…”
Na Roma Negra baiana,todos os caminhos levam ao Bonfim. Na lavagem das escadarias ,as águas renovam esperanças de dias melhores.E a fé que conduz o povo rumo ao sagrado também bate no coração ao som do tambor. Nos terreiros,mães de santo e mães do samba pedem proteção e abrem os caminhos para seus filhos em cultos ancestrais.
Logo ali,no Dique do Tororó,flutuando sobre as águas ,surgem os orixás como uma divina aparição.São emoldurados por uma imponente arena que serve de palco para a encenação da luta entre divindades.É a Fonte Nova de uma força que nunca seca:a da vitória.Em uma das cidades sede da Copa,Salvador empresta toda sua tradição e hospitalidade para encenar no terreno sagrado da paixão brasileira no duelo pela supremacia no campo místico do futebol.
E assim os Aprendizes vão passar pela Marquês de Sapucaí sob as bênçãos de Xangô e Ibejis,que unem num só coração o Rio de Janeiro e Salvador.O carnaval pede passagem para que nosso canto entoe em uma só voz um louvor à capital da Terra da Felicidade.Afinal,é Carnaval.

Dia do folclore - 22 de Agosto


O Dia 22 de agosto é marcado por várias comemorações em todo território nacional. Nas escolas e centros  culturais são realizadas atividades diversas cujo objetivo principal é passar a diante a riqueza cultural de nosso folclore.  Como quase tudo que trabalhamos no carnaval e principalmente quando trabalhamos com nossas crianças faz parte dele, SALVE O DIA DO FOLCLORE BRASILEIRO!!!

sábado, 17 de agosto de 2013

Estrelinha da Mocidade lançou nesta sexta feira a sua logomarca para o próximo carnaval

Por Ricardo Dias
O GRCESM Estrelinha da Mocidade lançou nesta sexta feira a sua logomarca para o próximo carnaval e recebe neste sábado, 17, as obras que concorrerão ao direito de se tornar o hino oficial do enredo "Chegou a Hora Desta Nossa Molecada Mostrar Seu Valor", que a Verde e Branco Mirim de Padre Miguel levará para a Avenida em 2014.

O enredo desenvolvido por uma Comissão de Carnaval, lembrará a conquista do Tetracampeonato de nossa Seleção Brasileira, no Mundial de 1994.

Para o próximo carnaval, as escolas mirins homenagearão a Copa do Mundo que será realizada no Brasil, em junho.

A equipe receberá os sambas concorrentes das 19 às 20 horas, na quadra da Mocidade Independente, em Padre Miguel.

Serão necessárias a entrega de 05 cópias da letra, sem ter a necessidade de uma gravação em CD.

A disputa da Estrelinha da Mocidade terá início no dia 31 de agosto, a partir das 19 horas.

sexta-feira, 16 de agosto de 2013

Nova Geração do Estácio de Sá realizará seus ensaios no Berço do Samba

A escola de samba mirim Nova Geração do Estácio de Sá que passará a realizar seus ensaios todas as sextas-feiras, inicia a temporada de encontros visando o próximo carnaval, dia 16, a partir das 19h. A novidade é o local que abrigará os sambistas mirins estacianos em seus preparativos para o desfile de 2014, a quadra da escola mãe, a Estácio de Sá. Os treinos contarão com ritmistas, passistas e baianinhas, além de Thatiane Carvalho, intérprete vencedora do concurso Intérprete do Futuro, promovido pelo RJTV, entoando os sambas da Nova Geração.
Na ocasião serão apresentadas as obras que estarão na disputa para a definição do samba que a criançada cantará na Avenida, dia 4 de março, Terça-feira de Carnaval, quando a Nova Geração do Estácio de Sá será a 12ª a pisar forte com o enredo “Nos Manáos a força, Manaus a capital, explosão cultural. Arena Amazonas Vivaldo no meu carnaval”, que está sendo desenvolvido pelo carnavalesco Carlos Calado.
A entrega dos sambas que estarão participando do concurso que definirá o hino da vermelha e branca mirim será nesta quarta-feira (14), das 18h às 21h, na sede da agremiação, localizada na Rua São Carlos, 21 – Estácio. As composições deverão ser entregues ao diretor geral de harmonia Jorge Piu-Piu ou ao presidente Joel Toledo.

quarta-feira, 7 de agosto de 2013

Associação das Escolas de Samba Mirins altera ordem dos desfiles de 2014

Por Fábio Silva

A diretoria da Associação das Escolas de Samba Mirins do Rio de Janeiro alterou a ordem dos desfiles das agremiações que desfilarão na Terça-feira de Carnaval, dia 4 de fevereiro, no Sambódromo.

A modificação na sequencia de apresentação ficou definida durante reunião plenária realizada nesta terça-feira (6) com representantes das escolas filiadas. A proposta colocada pela direção da entidade para apreciação dos diretores das demais agremiações foi feita por dirigentes Tijuquinha do Borel, que seria a primeira a desfilar. A alegação apresentada foi de que pelo fato da escola mãe, a Unidos da Tijuca ser a última a desfilar na Segunda-feira de Carnaval, encerrando os desfiles do Grupo Especial e sua representante no carnaval mirim, a Tijuquinha ser a primeira a desfilar, não teria tempo hábil para organizar a escola, já que os diretores da Unidos da Tijuca também atuam junto à agremiação mirim.

A opção encontrada pela AESM-Rio fora de que a Tijuquinha passaria a ser a penúltima a desfilar e foi colocada em votação entre os representantes, sendo aprovada por unanimidade. No horário antes predeterminado para o início dos desfiles, a entidade organizará uma abertura em grande estilo, marcada para as 17h. As agremiações subsequentes não terão alterações quanto ao horário ou local de concentração, ficando desta maneira definida a ordem dos desfiles para o próximo carnaval.

Confira a nova ordem:

1 - Filhos da Águia

2 - Infantes do Lins

3 - Mangueira do Amanhã

4 - Pimpolhos da Grande Rio

5 - Miúda da Cabuçu

6 - Corações Unidos do Ciep

7 - Petizes da Penha

8 - Ainda Existem Crianças de Vila Kennedy

9 - Aprendizes do Salgueiro

10 - Império do Futuro

11 - Inocentes da Caprichosos

12 - Nova Geração do Estácio de Sá

13 - Herdeiros da Vila

14 - Planeta Golfinhos da Guanabara

15 - Tijuquinha do Borel

16 - Estrelinha da Mocidade

Fonte: Galeria do Samba

terça-feira, 6 de agosto de 2013

Victor Alvim lança “ABC DA CAPOEIRA PARA CRIANÇAS” na quadra do Santa Marta

“ABC DA CAPOEIRA PARA CRIANÇAS” será lançado na quadra da escola de samba Mocidade Unida de Santa Marta,neste sabado, 10 de Agosto de 2013.
Fruto de uma parceria entre o escritor carioca Victor Alvim, o Lobisomem e o ilustrador português Rui Apolinário, o livro infantil “ABC DA CAPOEIRA PARA CRIANÇAS” tem linguagem simples, nomes de golpes, movimentos, importantes mestres, instrumentos musicais e suas funções, lutas africanas que originaram a capoeira, além de noções de cidadania, respeito à natureza, aos professores e amigos, são alguns dos elementos deste livro. Durante o evento, Victor Alvim estará autografando os exemplares do livro, que estarão à venda no local.
A programação terá ainda apresentações folclóricas de Maculelê, Jongo e Samba de Roda com as crianças do projeto, além de batizado e troca de graduações, entre outras atividades.
O evento faz parte das comemorações dos 20 anos do trabalho social realizado no Santa Marta pelos professores de capoeira Anderson Bacurau, Chá Preto e Alex Sil. Atualmente os dois primeiros ministram suas aulas na Espanha e Portugal, deixando a continuidade do trabalho no morro Santa Marta aos cuidados do instrutor Alex Sil.
Na literatura de cordel brasileira, os “ABCs” são poemas onde cada estrofe se inicia com uma letra do alfabeto de forma sequencial. De A a Z.
Neste livro, “ABC da CAPOEIRA Para Crianças ” o autor apresenta, também neste formato, um poema em que procura citar, comentar e explicar, alguns dos mais importantes fundamentos e aspectos da arte capoeira.
A capoeira é uma arte brasileira que atualmente é praticada em mais de 100 países de todos os continentes. É um valioso instrumento de educação, utilizado em grande parte das escolas, universidades e projetos sociais do país. Costuma dizer-se que é uma “arte que engloba várias artes”, pois trabalha musicalidade, coordenação motora, história do Brasil, defesa pessoal, atividade física e mental entre dezenas de outras qualidades. O capoeirista toca, canta, compõe, joga, luta, interpreta, dança, confecciona instrumentos.
A CAPOEIRA foi reconhecida pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN) como PATRIMÔNIO CULTURAL IMATERIAL DO BRASIL.
Os autores:
Victor Alvim I. Garcia nasceu no Rio de Janeiro. Iniciou-se na capoeira há mais de duas décadas nas aulas ministradas por Mestre Camisa no bairro de Laranjeiras, onde recebeu o apelido de “Lobisomem”. Membro da ABADÁ-CAPOEIRA, já ministrou aulas de capoeira em creches, escolas públicas e particulares, comunidades e projetos sociais entre outros. Compositor e cantador, depois de participar de diversos cds, em 2009 gravou seu primeiro cd solo intitulado “Capoeira Popular Brasileira”. Poeta popular, autor de dezenas de títulos, em 2007 foi eleito membro da Academia Brasileira de Literatura de Cordel.
Rui Apolinário nasceu em Cascais, Portugal. Decidiu iniciar-se na capoeira após uma estadia em Porto Seguro onde assistiu a uma demonstração. É designer e ilustrador. Já ilustrou diversos livros infantis e aplicações multimídia.
Serviço:
Data: 10/08/2013 – Sábado
Horário: 9:30 as 12:30
Local: QUADRA DA G.R.E.S. MOCIDADE UNIDA DO SANTA MARTA
Endereço: Rua Jupira, 72 – Morro Santa Marta – Botafogo
ENTRADA FRANCA
O livro será vendido por R$ 10,00 (dez reais)