sábado, 30 de novembro de 2013

CD dos sambas de enredo das escolas mirins será lançado na Cidade do Samba

By Juninho Tititi
 
A Associação das Escolas de Samba Mirins realiza na próxima quarta-feira, dia 04, a partir das 19h, na Cidade do Samba, a festa que marca o lançamento do cd dos sambas de enredo das agremiações que compõem o grupo mirim. Durante o evento que será restrito aos dirigentes das agremiações, componentes e integrantes das escolas, além de personalidades do carnaval e imprensa, será servido um jantar.
O cd que tem como produtores Alexandre Moraes, diretor musical da AESM-Rio e compositor e Hugo Bruno, cavaquinhista e compositor, além das 16 faixas contendo os hinos das agremiações, têm na primeira faixa o Hino da AESM-Rio, interpretado por Rafael Tinguinha, vencedor do Troféu Estandarte do Samba Mirim, no último carnaval.


terça-feira, 12 de novembro de 2013

Torneio de Futsal

Aesm Rio promove torneio de futsal
A Associação das Escolas de Samba Mirins promove no próximo domingo, dia 17, o 1º Torneio de Futsal, a partir das 8h, na Vila Olímpica da Mangueira. A junção das duas maiores paixões do brasileiro terá um adicional, a disputa realizada por meninos com idade entre 13 e 14 anos, que representarão as 16 escolas que formam o grupo mirim do carnaval carioca. “Temos como objetivo fortalecer a relação entre as escolas e jovens que compõem as agremiações, tornando dessa maneira o samba mirim uma grande família”, declarou Edson Marinho, presidente da AESM-Rio.

A competição idealizada pela direção de esportes da entidade, além da disputa pela bola, terá também muito samba, além de uma saborosa macarronada à bolonhesa, que será servida durante o almoço. “Além da disputa no campo esportivo, o lado social também é prioridade para a diretoria da AESM-Rio. Teremos outras atividades sendo desenvolvidas para as crianças e jovens que não estiverem participando diretamente desta competição”, acrescentou Ricardo Henrique Dias, diretor de esportes da Associação das Escolas de Samba Mirins.

As partidas terão a duração de 20 minutos, sendo dez minutos cada tempo nas fases eliminatórias, quartas de finais, semifinais e finais. Caso haja empate no tempo regulamentar, serão disputados nos pênaltis alternados, sendo três para cada equipe. Se persistir o empate, um pênalti alternado para cada equipe. Confira a tabela e horários dos jogos:

8h – Infantes do Lins x Inocentes da Caprichosos;
8h:20min – Aprendizes do Salgueiro x Nova Geração do Estácio de Sá;
8h:40mim – Império do Futuro x Estrelinha da Mocidade;
9h – Corações Unidos do Ciep x Miúda da Cabuçu;
9h:20min – Ainda Existem Crianças de Vila Kennedy x Tijuquinha do Borel;
9h:40min – Mangueira do Amanhã x Petizes da Penha;
10h – Golfinhos da Guanabara x Pimpolhos da Grande Rio;
10h:20min – Herdeiros da Vila x Filhos da Águia.

Na fase eliminatória, se classificarão oito equipes que disputarão as quartas de finais, sendo as vencedoras, as semifinais e as duas classificadas, a grande final da competição.

A entrada é gratuita. A Vila Olímpica da Mangueira fica na Rua Santos Melo, 73 – São Francisco Xavier.

Arleson Rezende (Assessor de Imprensa AESM-Rio)
Clicar na imagem para aumentar


sexta-feira, 25 de outubro de 2013

Bloco Cultural 07 de Paus agita Vila Isabel com festa para a criançada


Herdeiros da Vila e ala mirim do Império da Tijuca participarão da festa


Eleito o 2º melhor bloco de rua pelo troféu Plumas e Paetes em 2013, o Bloco Cultural 07 de Paus realizará neste fim de semana, mais um evento em Vila Isabel, bairro onde se originou. Ainda sem sede própria, o bloco vem realizando seus eventos nos clubes do bairro e em espaços improvisados. Desta vez, o local escolhido foi a Rua Rocha Fragoso, onde a criançada poderá aproveitar a tarde do próximo domingo para brincar e se divertir das 14h às 18h.
Pensando em toda família, a presidente do bloco, Marcia Rossi, preparou uma serie de atividades para os pequenos e também para os pais.
- Nossa festa em homenagem às crianças terá tudo o que nossos pequenos têm direito: brincadeiras, animadores, distribuição de brindes e a presença da Herdeiros da Vila e da ala mirim do Império da Tijuca, que estarão conosco animando ainda mais a nossa tarde. Para os pais, uma descontraída roda de samba pois a intenção é que tanto adultos quanto as crianças possam literalmente “pintar o 7”, diz ela.
O evento será gratuito e é mais uma das ações do bloco para difundir a cultura do carnaval de rua pelo bairro. O 07 de Paus desfila no domingo após o carnaval, encerrando os festejos de Momo em Vila Isabel.

Fonte: Manchete na Folia

quarta-feira, 23 de outubro de 2013

Infantes do Lins promove escolinha de percussão

By Juninho Tititi


A escola de samba mirim Infantes do Lins promove todas as segundas-feiras, na quadra da Lins Imperial, a partir das 19h sua escolinha de percussão, a fim de integrar novos ritmistas para a Bateria Verdadeira Furiosa Mirim, comandada pelos Mestres Laion e Yuri. Sempre após acontecem os ensaios de bateria visando o próximo carnaval. “Temos a missão de formar talentos para o carnaval do Rio de Janeiro e realizando treinamentos e ensinando essas crianças, temos certeza de que a tradição do carnaval não vai se acabar nunca”, disse Mestre Lion.
Já aos sábados, a partir das 16h, são realizados os ensaios de todos os segmentos da agremiação. A Infantes do Lins desfilará dia 04 de março (Terça-feira de Carnaval), com o enredo “Ikuiapá! A Saga da Imperatriz do Futebol ao Centrão do Brasil”. O tema que está sendo desenvolvido pelo carnavalesco Luis de Paulanis, contará a história, lendas, contos e casos da cidade de Cuiabá. A quadra da Lins Imperial fica na Rua Lins de Vasconcelos, 623 – Lins.

Mangueira do Amanhã com inscrições abertas para para o carnaval 2014

By Juninho Tititi

A verde e rosa mirim está com inscrições abertas para crianças e jovens com idade entre 05 e 17 anos que desejarem participar do próximo carnaval. Os interessados devem comparecer durante os ensaios que são realizados todas as segundas-feiras, às 19 horas no Palácio do Samba, acompanhados por um responsável que deve estar munido das cópias da certidão de nascimento, comprovante escolar e de residência, além de duas fotos 3×4.
No próximo carnaval a Mangueira do Amanhã será a terceira a desfilar na Terça-feira de Carnaval, dia 04 de março, com o enredo “Um conto potiguar: Natal na Copa do Mundo”, do carnavalesco Levi Cintra. A quadra da Estação Primeira de Mangueira fica na Rua Visconde de Niterói, 1072 – Mangueira.

sexta-feira, 18 de outubro de 2013

Aprendizes do Salgueiro inscreve crianças para o desfile do Carnaval 2014



ACADÊMICOS DO SALGUEIRO
Da redação


As inscrições e recadastramentos para desfilar em 2014 no Aprendizes do Salgueiro já estão abertos, e acontecem todas as quartas-feiras, a partir das 20 horas, na quadra do Salgueiro. Podem participar crianças maiores de 5 anos de idade, que deverão apresentar 1 foto 3x4, cópia da certidão de nascimento ou RG, e declaração de escolaridade.

Os ensaios da escola mirim também já estão marcados para os domingos, dias 20/10, 17/11, 24/11, 15/12, 26/01 e 16/02, sempre começando às 16h.

O enredo 2014 do Aprendizes do Salgueiro é "Alô, alô, Salvador! Aquele abraço!".

Confira a letra do samba-enredo, composto por Feju, Lucas Donato, Rafael Santos, Gabriel Sorriso, Miguel Paul e Rodrigo Carvalho:

Alô Salvador
Que delícia de tempero, esse gosto brasileiro.
Com moqueca e vatapá
Oi roda gira baiana no terreiro
Firma o ponto batuqueiro seu ''tambor'' vai ecoar!
Com a força das águas eu peço seu axé
Nos abençoe! Oh rainha Yemanja!!

Zum zum zum zum zum zum
Olha o toque do Olodum!
Zum zum zum zum zum zum
Capoeira mata um!

"Terra abençoada pelos deuses"
Na lavagem das escadas do bonfim
As águas trazem fé e esperanças
O negro se libertou enfim...
Uma "fonte nova" de vitória
O sonho de gritar "é campeão"
A união em um só coração
Do Rio de Janeiro à Salvador
O samba mostra ao povo o seu valor.
E assim... Com as bênçãos de xangô
Kaô meu pai Kaô!

Aprendizes do Salgueiro vem ''com garra e emoção''
Aprendizes do Salgueiro escola do meu coração


segunda-feira, 7 de outubro de 2013

AESM-Rio define inicia gravações dos sambas de enredo das escolas mirins nesta segunda-feira

By Juninho Tititi


A Associação das Escolas de Samba Mirins do Rio de Janeiro inicia nesta segunda-feira, dia 7, as gravações das faixas do CD dos sambas de enredo das escolas para o carnaval 2014. O álbum que será gravado no Estúdio Astral Music entre os dias 07 e 14 de outubro, terá na produção o diretor musical da AESM-Rio, Alexandre Moraes e Hugo Bruno, compositor e cavaquinhista. Confira a ordem de gravação das faixas:
07 de outubro: Filhos da Águia, Infantes do Lins e Mangueira do Amanhã
08 de outubro: Pimpolhos da Grande Rio, Miúda da Cabuçu e Corações Unidos do Ciep
09 de outubro: Petizes da Penha, Ainda Existem Crianças de Vila Kennedy e Aprendizes do Salgueiro
10 de outubro: Império do Futuro, Inocentes da Caprichosos e Nova Geração do Estácio de Sá
11 de outubro: Herdeiros da Vila e Planeta Golfinhos da Guanabara
14 de outubro: Tijuquinha do Borel, Hino da AESM-Rio e Estrelinha da Mocidade.

domingo, 29 de setembro de 2013

Associação das Escolas Mirins promove evento na quadra da Grande Rio

By Juninho Tititi


Será na quadra da Acadêmicos do Grande Rio, em Duque de Caxias, a segunda edição da “Feijoada das Mirins”. O evento, marcado para a tarde do próximo domingo, 29, é promovido pela Associação das Escolas de Samba Mirins, que, através de parceria com o GT de Marketing, tem por objetivo ajudar financeiramente as agremiações infantis.
A tarde de samba com feijão na quadra da Grande Rio, espaço que também pertence à escola mirim Pimpolhos da Grande Rio, será marcada por diversas atrações. Além de almoçar o prato preferido dos sambistas, as crianças que forem ao evento terão a oportunidade de participar de atividades como workshop de turbantes, batalhas de dança e pintura de grafite. Ainda haverá apresentação da bateria da Pimpolhos e shows de DJs para animar a criançada.
O ingresso para curtir a “Feijoada das Mirins”, que terá início às 13h, é R$ 15. Mais informações: (21) 2671-1563/2671-3585.
SERVIÇO
Feijoada das Mirins
Data: Domingo, 29 de setembro
Horário: a partir das 13h
Ingresso: R$ 15
Local: Quadra da Acadêmicos do Grande Rio (Rua Wallace Soares, 5 e 6 – Centro de Duque de Caxias)
Capacidade de público: 6 mil pessoas
Classificação etária: Livre
Informações: (21) 2671-1563/2671-3585

sexta-feira, 20 de setembro de 2013

Escola Mirim da Mocidade Independente tera Rei da bateria

By Juninho Tititi

A Escola de Samba Mirim Estrelinha da Mocidade terá um rei de bateria no Carnaval 2014. Trata-se do passista mirim Eduardo Felipe, mais conhecido como Dudi. O novo monarca receberá oficialmente a faixa na festa do Dias das Crianças, em 12 de outubro, na quadra da Mocidade. Ele desfilará ao lado da rainha de bateria mirim Dedê e da princesa Julia.

“O Eduardo desfila na Estrelinha há alguns anos e já merecia esta homenagem há muito tempo, principalmente pela sua dedicação e empenho. Teremos um trio de sambistas mirins à frente da bateria do Mestre André Filho”, conta Ricardo Dias, presidente da agremiação mirim.



quarta-feira, 11 de setembro de 2013

Inscrições para ala das crianças na Portela continuam abertas

Documentos necessários:


- cópia certidão de nascimento;
- 2 fotos 3x4 recente;
- cópia de comprovante de residência;
- declaração escolar,
- cópia de ID e CPF do responsável pelo menor.

OBS: crianças acima de 10 anos!!!

Os interessados devem entrar em contato com Beth Sá no tel.: 9112-8641

O GRCESM Estrelinha da Mocidade define samba no próximo sábado

O GRCESM Estrelinha da Mocidade define no próximo sábado, dia 14, o samba que levará para a Avenida no próximo carnaval.

Três obras disputam o direito de se tornar o hino oficial da Verde e Branco mirim, que contará o enredo "Chegou a hora dessa nossa molecada mostrar valor" em 2014. O tema será desenvolvido por uma comissão de carnaval.

A grande final acontece na quadra da Mocidade Independente, a partir das sete da noite, com entrada franca.

Antes da apresentação dos sambas concorrentes, o publico poderá conferir um show da Ala de Passistas Mirins, da bateria comandada pelo Mestre André Filho e do premiado intérprete Thiago Acácio, lembrando diversos sambas da Estrelinha e também da Mocidade.

Serviço:

Grande Final de samba enredo da Estrelinha da Mocidade
Dia: Sábado, 14 de setembro
Horário:19 horas
Local: Quadra da Mocidade - Avenida Brasil 31146 - Padre Miguel.
Entrada franca.

sábado, 7 de setembro de 2013

Infantes do Lins realiza ensaios de bateria e abre vagas para escola de percussão

By Juninho Tititi

A escola de samba mirim Infantes do Lins realiza todas as segundas-feiras, a partir das 18h na quadra da Lins Imperial, o ensaio da bateria Verdadeira Furiosa Mirim, comandada por Mestre Laion. Durante os encontros preparativos para o desfile de 2014, acontece também a escola de percussão para crianças com idade entre 06 e 15 anos, interessados em aprender a tocar algum instrumento e integrar o grupo de ritmistas mirins. No próximo carnaval a Infantes do Lins será a segunda a desfilar dia 04 de março, Terça-feira de Carnaval, no Sambódromo com o enredo “Ikuiapá ! -A Saga da Imperatriz do Futebol ao Centrão do Brasil”, de autoria do carnavalesco Luiz di Paulanis. A quadra da Lins Imperial fica na Rua Lins de Vasconcelos, 623 – Lins.

quinta-feira, 22 de agosto de 2013

Aprendizes do Salgueiro apresentará no Carnaval 2014 um enredo sobre a cidade de Salvador

By Juninho Tititi

Confira o texto da sinopse divulgado pela agremiação mirim:
Enredo: Salvador

“Alô, Alô, Salvador, Aquele Abraço!!!”
Um dia o Brasil acordou ao som dos versos de um poeta baiano que se declarou à Cidade Maravilhosa.Gilberto Gil compôs ‘Aquele abraço’ e fez o país inteiro ter ainda mais orgulho das terras cariocas.Afinal,o Rio de Janeiro continua sendo..Agora é a vez de trilhar o caminho inverso.É hora do samba abraçar a capital baiana, de celebrar personagens,paixões e paisagens de uma cidade banhada de encantos.”O vento trouxe o meu cantar ,enfeitando o luar da Bahia…” E é pra lá que a gente vai.
‘Muito antes do Império foi a primeira capital’
Terra da magia,banhada de Axé por todos os santos.Os mares que abençoaram os primeiros habitantes da tribo Tupinambá também trouxeram caravelas e negreiros, misturando sangue,línguas e culturas.
E dessa união de negritude,fidalguia e bravura abençoada pelas águas de Iemanjá,emergiu um mosaico de costumes,crenças e artes numa cidade que evoca o sagrado no próprio nome: São Salvador. A primeira das três capitais do Brasil,que hoje recebe o abraço caloroso dos seus irmãos aprendizes.
“Na ladeira tem..tem capoeira”
Com o coração palpitando,a massa branca e encarnada sobe o Pelourinho,o vulcão africano que exala alegria por todas as ladeiras.Balança ao som do din-din-din berimbau,do tum-tum-tum do Olodum,do rá-tá-tá dos blocos,na palma da mão do samba de roda sacudindo a saia das negas louvando aos deuses com os próprios corpos.
E rumo à Cidade Baixa,percorre o Mercado Modelo com suas cores e sabores.Vagueia de Ondina à Itapuã,descansa à sombra dos coqueirais à beira-mar,prova do tempero quente do dendê e do brilho sol que doura a pele de felicidade.
“Terra abençoada pelos deuses…”
Na Roma Negra baiana,todos os caminhos levam ao Bonfim. Na lavagem das escadarias ,as águas renovam esperanças de dias melhores.E a fé que conduz o povo rumo ao sagrado também bate no coração ao som do tambor. Nos terreiros,mães de santo e mães do samba pedem proteção e abrem os caminhos para seus filhos em cultos ancestrais.
Logo ali,no Dique do Tororó,flutuando sobre as águas ,surgem os orixás como uma divina aparição.São emoldurados por uma imponente arena que serve de palco para a encenação da luta entre divindades.É a Fonte Nova de uma força que nunca seca:a da vitória.Em uma das cidades sede da Copa,Salvador empresta toda sua tradição e hospitalidade para encenar no terreno sagrado da paixão brasileira no duelo pela supremacia no campo místico do futebol.
E assim os Aprendizes vão passar pela Marquês de Sapucaí sob as bênçãos de Xangô e Ibejis,que unem num só coração o Rio de Janeiro e Salvador.O carnaval pede passagem para que nosso canto entoe em uma só voz um louvor à capital da Terra da Felicidade.Afinal,é Carnaval.

Dia do folclore - 22 de Agosto


O Dia 22 de agosto é marcado por várias comemorações em todo território nacional. Nas escolas e centros  culturais são realizadas atividades diversas cujo objetivo principal é passar a diante a riqueza cultural de nosso folclore.  Como quase tudo que trabalhamos no carnaval e principalmente quando trabalhamos com nossas crianças faz parte dele, SALVE O DIA DO FOLCLORE BRASILEIRO!!!

sábado, 17 de agosto de 2013

Estrelinha da Mocidade lançou nesta sexta feira a sua logomarca para o próximo carnaval

Por Ricardo Dias
O GRCESM Estrelinha da Mocidade lançou nesta sexta feira a sua logomarca para o próximo carnaval e recebe neste sábado, 17, as obras que concorrerão ao direito de se tornar o hino oficial do enredo "Chegou a Hora Desta Nossa Molecada Mostrar Seu Valor", que a Verde e Branco Mirim de Padre Miguel levará para a Avenida em 2014.

O enredo desenvolvido por uma Comissão de Carnaval, lembrará a conquista do Tetracampeonato de nossa Seleção Brasileira, no Mundial de 1994.

Para o próximo carnaval, as escolas mirins homenagearão a Copa do Mundo que será realizada no Brasil, em junho.

A equipe receberá os sambas concorrentes das 19 às 20 horas, na quadra da Mocidade Independente, em Padre Miguel.

Serão necessárias a entrega de 05 cópias da letra, sem ter a necessidade de uma gravação em CD.

A disputa da Estrelinha da Mocidade terá início no dia 31 de agosto, a partir das 19 horas.

sexta-feira, 16 de agosto de 2013

Nova Geração do Estácio de Sá realizará seus ensaios no Berço do Samba

A escola de samba mirim Nova Geração do Estácio de Sá que passará a realizar seus ensaios todas as sextas-feiras, inicia a temporada de encontros visando o próximo carnaval, dia 16, a partir das 19h. A novidade é o local que abrigará os sambistas mirins estacianos em seus preparativos para o desfile de 2014, a quadra da escola mãe, a Estácio de Sá. Os treinos contarão com ritmistas, passistas e baianinhas, além de Thatiane Carvalho, intérprete vencedora do concurso Intérprete do Futuro, promovido pelo RJTV, entoando os sambas da Nova Geração.
Na ocasião serão apresentadas as obras que estarão na disputa para a definição do samba que a criançada cantará na Avenida, dia 4 de março, Terça-feira de Carnaval, quando a Nova Geração do Estácio de Sá será a 12ª a pisar forte com o enredo “Nos Manáos a força, Manaus a capital, explosão cultural. Arena Amazonas Vivaldo no meu carnaval”, que está sendo desenvolvido pelo carnavalesco Carlos Calado.
A entrega dos sambas que estarão participando do concurso que definirá o hino da vermelha e branca mirim será nesta quarta-feira (14), das 18h às 21h, na sede da agremiação, localizada na Rua São Carlos, 21 – Estácio. As composições deverão ser entregues ao diretor geral de harmonia Jorge Piu-Piu ou ao presidente Joel Toledo.

quarta-feira, 7 de agosto de 2013

Associação das Escolas de Samba Mirins altera ordem dos desfiles de 2014

Por Fábio Silva

A diretoria da Associação das Escolas de Samba Mirins do Rio de Janeiro alterou a ordem dos desfiles das agremiações que desfilarão na Terça-feira de Carnaval, dia 4 de fevereiro, no Sambódromo.

A modificação na sequencia de apresentação ficou definida durante reunião plenária realizada nesta terça-feira (6) com representantes das escolas filiadas. A proposta colocada pela direção da entidade para apreciação dos diretores das demais agremiações foi feita por dirigentes Tijuquinha do Borel, que seria a primeira a desfilar. A alegação apresentada foi de que pelo fato da escola mãe, a Unidos da Tijuca ser a última a desfilar na Segunda-feira de Carnaval, encerrando os desfiles do Grupo Especial e sua representante no carnaval mirim, a Tijuquinha ser a primeira a desfilar, não teria tempo hábil para organizar a escola, já que os diretores da Unidos da Tijuca também atuam junto à agremiação mirim.

A opção encontrada pela AESM-Rio fora de que a Tijuquinha passaria a ser a penúltima a desfilar e foi colocada em votação entre os representantes, sendo aprovada por unanimidade. No horário antes predeterminado para o início dos desfiles, a entidade organizará uma abertura em grande estilo, marcada para as 17h. As agremiações subsequentes não terão alterações quanto ao horário ou local de concentração, ficando desta maneira definida a ordem dos desfiles para o próximo carnaval.

Confira a nova ordem:

1 - Filhos da Águia

2 - Infantes do Lins

3 - Mangueira do Amanhã

4 - Pimpolhos da Grande Rio

5 - Miúda da Cabuçu

6 - Corações Unidos do Ciep

7 - Petizes da Penha

8 - Ainda Existem Crianças de Vila Kennedy

9 - Aprendizes do Salgueiro

10 - Império do Futuro

11 - Inocentes da Caprichosos

12 - Nova Geração do Estácio de Sá

13 - Herdeiros da Vila

14 - Planeta Golfinhos da Guanabara

15 - Tijuquinha do Borel

16 - Estrelinha da Mocidade

Fonte: Galeria do Samba

terça-feira, 6 de agosto de 2013

Victor Alvim lança “ABC DA CAPOEIRA PARA CRIANÇAS” na quadra do Santa Marta

“ABC DA CAPOEIRA PARA CRIANÇAS” será lançado na quadra da escola de samba Mocidade Unida de Santa Marta,neste sabado, 10 de Agosto de 2013.
Fruto de uma parceria entre o escritor carioca Victor Alvim, o Lobisomem e o ilustrador português Rui Apolinário, o livro infantil “ABC DA CAPOEIRA PARA CRIANÇAS” tem linguagem simples, nomes de golpes, movimentos, importantes mestres, instrumentos musicais e suas funções, lutas africanas que originaram a capoeira, além de noções de cidadania, respeito à natureza, aos professores e amigos, são alguns dos elementos deste livro. Durante o evento, Victor Alvim estará autografando os exemplares do livro, que estarão à venda no local.
A programação terá ainda apresentações folclóricas de Maculelê, Jongo e Samba de Roda com as crianças do projeto, além de batizado e troca de graduações, entre outras atividades.
O evento faz parte das comemorações dos 20 anos do trabalho social realizado no Santa Marta pelos professores de capoeira Anderson Bacurau, Chá Preto e Alex Sil. Atualmente os dois primeiros ministram suas aulas na Espanha e Portugal, deixando a continuidade do trabalho no morro Santa Marta aos cuidados do instrutor Alex Sil.
Na literatura de cordel brasileira, os “ABCs” são poemas onde cada estrofe se inicia com uma letra do alfabeto de forma sequencial. De A a Z.
Neste livro, “ABC da CAPOEIRA Para Crianças ” o autor apresenta, também neste formato, um poema em que procura citar, comentar e explicar, alguns dos mais importantes fundamentos e aspectos da arte capoeira.
A capoeira é uma arte brasileira que atualmente é praticada em mais de 100 países de todos os continentes. É um valioso instrumento de educação, utilizado em grande parte das escolas, universidades e projetos sociais do país. Costuma dizer-se que é uma “arte que engloba várias artes”, pois trabalha musicalidade, coordenação motora, história do Brasil, defesa pessoal, atividade física e mental entre dezenas de outras qualidades. O capoeirista toca, canta, compõe, joga, luta, interpreta, dança, confecciona instrumentos.
A CAPOEIRA foi reconhecida pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN) como PATRIMÔNIO CULTURAL IMATERIAL DO BRASIL.
Os autores:
Victor Alvim I. Garcia nasceu no Rio de Janeiro. Iniciou-se na capoeira há mais de duas décadas nas aulas ministradas por Mestre Camisa no bairro de Laranjeiras, onde recebeu o apelido de “Lobisomem”. Membro da ABADÁ-CAPOEIRA, já ministrou aulas de capoeira em creches, escolas públicas e particulares, comunidades e projetos sociais entre outros. Compositor e cantador, depois de participar de diversos cds, em 2009 gravou seu primeiro cd solo intitulado “Capoeira Popular Brasileira”. Poeta popular, autor de dezenas de títulos, em 2007 foi eleito membro da Academia Brasileira de Literatura de Cordel.
Rui Apolinário nasceu em Cascais, Portugal. Decidiu iniciar-se na capoeira após uma estadia em Porto Seguro onde assistiu a uma demonstração. É designer e ilustrador. Já ilustrou diversos livros infantis e aplicações multimídia.
Serviço:
Data: 10/08/2013 – Sábado
Horário: 9:30 as 12:30
Local: QUADRA DA G.R.E.S. MOCIDADE UNIDA DO SANTA MARTA
Endereço: Rua Jupira, 72 – Morro Santa Marta – Botafogo
ENTRADA FRANCA
O livro será vendido por R$ 10,00 (dez reais)

quarta-feira, 3 de julho de 2013

Definida a ordem de desfile das escolas mirins para o Carnaval 2014

Redação SRZD

Foi definida a ordem de desfile das escolas mirins para o Carnaval 2014. O evento, que foi realizado na quadra da Estácio de Sá, contou com personalidades do samba. Entre eles, Jorge Castanheira, presidente da LIESA, Déo Pessoa e Renato Thor, representantes da LIERJ, além do puxador Wander Pires, do carnavalesco Sylvio Cunha e Décio Bastos, diretor de carnaval da Unidos de Vila Isabel.
A expectativa na quadra era por saber quais as escola seriam as responsáveis pela abertura e encerramento do desfile.

A ordem ficou definida da seguinte maneira:

1ª - Tijuquinha do Borel
2ª - Filhos da Águia
3ª - Infantes do Lins
4ª - Mangueira do Amanhã
5ª - Pimpolhos da Grande Rio
6ª - Miúda da Cabuçu
7ª - Corações Unidos do Ciep
8ª - Petizes da Penha
9ª - Ainda Existem Crianças de Vila Kennedy
10ª - Aprendizes do Salgueiro
11ª - Império do Futuro
12ª - Inocentes da Caprichosos
13ª - Nova Geração do Estácio de Sá
14ª - Herdeiros da Vila
15ª - Planeta Golfinhos da Guanabara
16ª - Estrelinha da Mocidade

A escola mirim Mel do Futuro permanece licenciada do desfile.




 

segunda-feira, 1 de julho de 2013

Aesm-Rio realiza sorteio que definirá ordem de desfile das escolas mirins nesta terça-feira

Por Fábio Silva


 
A Associação das Escolas de Samba Mirins realiza neste terça-feira, dia 02, a partir das 19h, na quadra da Estácio de Sá, o sorteio que definirá a ordem dos desfiles das agremiações mirins para o próximo carnaval.

Participam do evento que será restrito a convidados os representantes das 17 agremiações filiadas, diretores da AESM-Rio, dirigentes de entidades responsáveis pelo carnaval e personalidades do samba, como LIESA, LIERJ e Rio Tur.

O critério a ser adotado durante o sorteio será o seguinte: representantes das escolas mirins sobem ao palco seguindo a ordem de desfile do carnaval 2013, retiram a bola numerada, que definirá a sequencia a qual retornarão para desta vez retirarem a numeração que será a colocação no desfile de 2014. Após a direção de carnaval da AESM-Rio está concedendo dez minutos para prováveis trocas entre as escolas. Na ocasião será servido um coquetel e em seguida um jantar aos convidados.

Fonte: www.galeriadosamba.com.br

domingo, 30 de junho de 2013

Corações Unidos do CIEP

GRCESM Corações Unidos do CIEP é uma escola de samba mirim da cidade do Rio de Janeiro, que participa todos os anos do desfile oficial de escolas de samba mirins, realizado, desde 1999, , na Marquês de Sapucaí. Sua sede está localizada no CIEP que funciona ao lado do Sambódromo, sendo uma das poucas escolas mirins cariocas que não é ligadas a outras escolas mães.É composta pela participação de várias escolas do município. A Corações do CIEP desfilou pela primeira vez no ano de 1986, contando com 800 integrantes. No ano de 2008, participou do Carnaval apresentando o enredo "A cidade de eterna realeza anuncia: O Rei chegou!" , contando a história da chegada da Família Real Portuguesa ao Brasil, aproveitando as comemorações do bicentenário do evento. Nesse carnaval, contou com 2600 integrantes, que se dividiram em 22 alas. Em 2011, reeditou o samba-enredo da União da Ilha de 1982. No ano seguinte, abordou a história da Matemática, suas operações básicas e sub-disciplinas, como a Geometria, e outras áreas do conhecimento que utilizam números, como a Numerologia.

Conheça mais um pouco sobre esta grande escola.

Estrelinha da Mocidade

A Estrelinha foi fundada em 1992, e teve como sua primeira presidente, Beth Andrade. Sua estreia nos desfiles foi considerada triunfal, faturando inclusive inúmeros elogios da crítica na época. Após o primeiro desfile, a escola pediu uma licença sem vencimento já para o carnaval de 1994, retornando às atividades somente em 2002, com o primeiro mandato do presidente Paulo Vianna. Em 2011, reeditou o samba-enredo da Mocidade de Padre Miguel de 2002.1 Em 2013, reeditará o samba "Sonhar não custa nada, ou quase nada". Fonte: wikipedia.
Conheça um pouco mais sobre a Estrelinha da Mocidade.
Estrelinha da Mocidade – 2011
“Hoje tem alegria!!!”

Mel do Futuro

GRCESM Mel do Futuro é uma escola de samba mirim da cidade do Rio de Janeiro, que participou do desfile oficial de escolas de samba mirins, realizado, desde 1999 até 2012, na sexta-feira de Carnaval, na Marquês de Sapucaí. No ano de 2013 infelizmente sentimos a falta desta excelente escola mirim que era composta pela união de crianças de diversas comunidades carentes do Rio de Janeiro.
Passistas do Mel do Futuro

.
Rio em Preto e Branco







Mel do Futuro 2012
 
 

Ainda Existe Criança na Vila Kennedy


Conheça um pouco mais da Escola de Samba Mirim  Ainda Existe Criança na Vila Kennedy.

sexta-feira, 28 de junho de 2013

Mangueira do Amanhã anuncia concurso de samba-enredo.

"Para o carnaval de 2014 a Mangueira do Amanhã  realizará um  concurso de samba-enredo!!!
Fiquem atentos para as datas de entrega da sinopse e dos sambas concorrentes, que serão divulgados pela escola mirim em breve."
 

terça-feira, 25 de junho de 2013

Leia a sinopse do enredo da Estrelinha da Mocidade



Seguindo a linha temática de que as agremiações mirins deverão homenagear a Copa do Mundo, no Carnaval de 2014, a Estrelinha da Mocidade divulgou a sinopse do enredo "Chegou a hora dessa nossa molecada mostrar seu valor", que será desenvolvido por uma Comissão.
Leia na íntegra:

Introdução:
Em 2014 o mundo se reunirá no Brasil para celebrar a grande festa do futebol mundial. E nada mais justo que as escolas de samba mirins do Rio de Janeiro se reúnam para cantar essa paixão nacional no carnaval carioca. Para a Estrelinha da Mocidade, ficou a missão de lembrar o mundial de 1994, quando nossa seleção conquistou o seu tetra campeonato, nos Estados Unidos, após vinte e quatro anos de jejum. Um Mundial inesquecível, com personagens e histórias marcantes.
A trilha é "Brasil Pandeiro", de 1940, nas brasileiríssimas vozes dos Novos Baianos. A emoção é a mesma que embalou o Brasil em 1994, só que agora entram em campo os craques da seleção de Padre Miguel. Avante, Estrelinha!

Sinopse:
Um só compasso marcava milhões de corações aflitos em verde e amarelo. Em segundos, um "chute para o infinito" irá atingir uma estrela e cravá-la no peito de toda uma nação.
Chegou a hora dessa molecada mostrar seu valor!
Da Penha ao Pontal, de norte a sul do meu país, uma gente que tem ginga e "pediu à Padroeira" para ajudar festeja! O grito na garganta, preso desde a "corrente pra frente" ecoa pelos quatro cantos do planeta. Somos os reis de novo!
Salve a Vila Vintém, pendura a saia e empunha a bandeira, que eu quero ver!
O Tio Sam vai tocar pandeiro para o mundo inteiro sambar. É Tetra!
E já que o "Tio Sam está querendo conhecer a nossa batucada" e que
anda por aí dizendo que "o molho da baiana melhorou seu prato", vamos mostrar para ele que futebol e samba no pé vêm de berço, estão na alma do brasileiro!
Vai provar do cuscuz, do acarajé, do abará... Da caipirinha, da feijoada, do nosso torresminho... Encantar-se com a nossa fauna, flora e com essa gente hospitaleira... Isso sem falar da beleza daquelas que "têm tufões nos quadris". A Casa Branca vai dançar a batucada de ioiô e também a de Iaiá!
Então: Brasil, esquentai os vossos pandeiros e cuícas! Iluminai os terreiros, as quadras, as ruas! A molecada da Estrelinha quer sambar e mostrar que nosso "baticubum" é diferenciado!
Há até quem sambe diferente, em outras terras, outra gente, que também tem "um batuque de matar". Tai a "Surdo Um", a "Tabajara do Samba" e a "Sinfônica" que não nos deixam mentir. Mas é fundamental "mostrar a nossa identidade"! E podemos provar que mesmo "invertida", garantimos que "Não Existe Mais Quente"!
Seja no campinho de várzea, ou fazendo essa "tal batucada", o importante é reunir nossos valores, "pastorinhas e cantores", já que são "expressões" que não têm par.
A Estrelinha da Mocidade só quer mostrar a este simpático "Tio" que, dos pés de uma criança, seja driblando as dificuldades da vida, riscando o chão da Passarela do Samba ou fazendo mirabolantes embaixadinhas, pode brotar a esperança de um futuro melhor.
Do futebol nasceu a nossa arte de sambar! Hoje, a "Mocidade" do Independente Futebol Clube olha para o amanhã e, com garra e determinação, bem como os heróis do tetra, se prepara para as vitórias que estão por vir.
Para Assis Valente, autor de "Brasil Pandeiro", Carmem Miranda e Mestre André.
Esclarecimento: é importante dar valor às raízes! Nossa batucada é diferente! Nossa afinação é invertida e isso faz parte do DNA desta bateria que é uma instituição do Carnaval Brasileiro. Isso precisa ser respeitado e acima de tudo preservado. Salve a Mocidade!
Comissão de carnaval
Texto: Ricardo Dias

quinta-feira, 20 de junho de 2013

Nova Geração da Estácio de Sá vai homenagear Manaus em 2014

Redação Carnavalesco

A representante da Estácio de Sá nos desfiles mirins definiu o tema que levará para a Passarela do Samba no carnaval 2014. A cidade de Manaus, uma das sedes da Copa do Mundo no próximo ano, terá sua história, tradições, lendas e costumes mostrados na Avenida pela criançada estaciana. O enredo de autoria do carnavalesco estreante Carlos Calado, também abordará o campeonato mundial que terá na capital do estado do Amazonas, uma de suas sedes. Confira a sinopse:

“Nos Manáos a força, Manaus a capital, explosão cultural. Arena Amazonas Vivaldo no meu carnaval”
Introdução – Da força da terra as tribos ecoam pela floresta, o povo simples perpetua suas raízes e faz brilhar suas artes, cultura, danças e costumes que ao longo dos anos, sobram um vento manso como uma brisa quente através de modificações a Manaus sempre pioneira valente tropical e guerreira. Nunca ausente de suas origens primeiras.

Sinopse
Abertura

- Sobre a força indígena dos Manáos a floresta ecoa Manaus o coração da Amazônia, os povos indígenas sempre foram os verdadeiros donos da terra e como não poderia ser diferente no norte do nosso país, se faziam presente inúmeros habitantes indígenas que se diferenciavam por suas línguas e costumes, já em plena harmonia com a natureza viviam da pesca e do plantio da mandioca, praticavam entre eles um tipo de comercio tribal, atividade esta que seria uma das principais exercida no desenvolvimento da região. Os Manáos eram os povos indígenas em maior número na região e viviam em ambas as margens do Rio Negro, foram fortes opositores a colonização dos portugueses e não se permitiram escravizar, mesmo tendo sido eles uma das tribos que ajudaram na construção do Forte de São José da Barra do Rio Negro.
A natureza foi sábia e fez da convivência dos portugueses com os Manáos a união dando origem a miscigenação cabocla na região e promovendo a paz, devido a essa miscigenação ocorreu um considerado aumento na população obrigando os missionários “carmelitas, jesuítas e franciscanos” a erguer a capela de Nossa senhora da Conceição que passaria a ser tida como a padroeira da cidade.

1º Setor – Manaus então cidade capital do Amazonas.
A borracha retirada dos seringais, fez da cidade referencia nacional para o Mundo cobiçando a migração de nordestinos, gaúchos, paulistas maranhenses e até mesmo imigrantes franceses, judeus, gregos, italianos e espanhóis. A fase áurea da borracha trouxe para Manaus muitos benefícios como bondes elétricos, telefones, eletricidade e água encanada, a construção de seu porto que passou a abrigar navios de diversas bandeiras e claro como não poderia ser diferente dessa mistura surgiram influências de suma importância para a cultural manauense seus primeiros monumentos, teatros, hotéis, cassinos, bancos e palacetes dotados de todos os requintes das cidades modernas a Paris dos trópicos brasileira, Manaus desenvolveu um dos núcleos de medicina mais avançados da época para o combate a doenças tropicais na assim denominada “escola de medicina tropical”.


2º Setor – A força da terra ecoa e Manaus enriquece ainda mais sua cultural eis a Zona Franca da cidade, Pólo industrial.
Com condições novamente após ter passado por um declínio da exportação da borracha, a capital do Estado do Amazonas ganha rentabilidade econômica e grandiosa expansão urbana, passando a ser uma das cidades mais populosas da América latina, aprendendo a desenvolver, aliada a programas de proteção ambientais propiciando melhor qualidade de vida e preservação de sua flora e fauna diversificadas. Que abriga tipos variados de plantas onde a vitória régia se destaca pelo tamanho que podem chegar a possuir suas folhas, a capital ambiental do Brasil é dona do maior rio da Terra o Rio Amazonas, tudo favorece a cidade sua localização geográfica, vegetação densa, animais de todas as cores e plumagens, espécies de peixes que vieram até mesmo a servi como origens de algumas lendas da região como a do boto, o encontro das águas dos rios Negros e Solimões atraindo turistas de todas as partes do mundo, praias que lembram fases da lua, a diversidade é ampla, porém mesmo com tudo isso é predominante na região a herança indígena o artesanato indígena é de grande avalia nacional e internacionalmente o celeiro folclórico se faz presente com a festa dos bois-bumbás de Manaus os bois “boi brilhante”“ boi corre Campo” “boi garanhão” entre outros folguedos regionais.


3º Setor - Manaus ecoa, ecoa Manaus Vivaldo Lima no meu carnaval.
O médico advogado Vivaldo lima o Vivaldão, foi um dos pioneiros no pensamento da construção de um estádio de futebol de grade porte na capital do Amazonas, Vivaldo foi uma pessoa muito importante no cenário do futebol manauense, teve participações em vários clubes da região entre eles o “Leão azul que é o Nacional Futebol Clube” o “galo de Manaus Atlético Rio Negro”. Algumas personalidades do futebol também marcaram presença na região como o goleiro Clovis mais conhecido como Aranha Negra, recentemente Manaus deu inicio a mais um ato pioneiro para o país, passando a realizar a copa indígena na região, socializando a cultural nativa como sempre. É de fato Manaus é dos nativos é dos Manáos a todo tempo em todos os aspectos devido a essa força natural hoje fora escolhida como uma das cidades sede da Copa de 2014, sendo agraciada com a construção da Arena do Amazonas, onde seu mais importante personagem o Vivaldão se imortalizou e virou folguedo nesse carnaval.


Presidente do Grêmio Recreativo Cultural Escola de Samba Mirim Nova Geração do Estácio: Joel Toledo
Pesquisa e autoria do enredo: Carlos Calado.