segunda-feira, 16 de abril de 2018

Arca Sinfônica – Teatro Riachuelo 28 e 29 de Abril


Após quatro sessões lotadas em outubro de 2015, quando a Orquestra Petrobras Sinfônica comemorou o Dia das Crianças com a “Arca Sinfônica”, o espetáculo está de volta aos palcos cariocas, agora sob a batuta de Isaac Karabtchevsky, Diretor Artístico e Regente Titular do grupo.

Com arranjos exclusivos do compositor e violinista paraibano Mateus Freire, o concerto reúne as 15 histórias do clássico infantil, que foi o último projeto artístico de Vinicius de Moraes e ganhou vida nos anos 80, nas vozes de nomes como Chico Buarque e Elis Regina.

As apresentações terão a participação da soprano Juliana Franco, que já dublou filmes infantis como “Anastacia” e “Era do Gelo”, e do barítono Marcelo Coutinho, que emprestou sua voz para clássicos dos anos 90 como “A Bela e a Fera” e “Aladdin”.

Classificação – Livre
Regente – Isaac Karabtchevsky
Soprano – Juliana Franco
Barítono – Marcelo Coutinho

Teatro Riachuelo Rio
Rua do Passeio, 40 – Centro
Sábado e domingo, dias 28 e 29 de Abril, às 11h
Balcão – a partir de R$20,00
Balcão Nobre – a partir de R$30,00
Plateia – a partir de R$30,00
Plateia VIP – a partir de R$35,00


A Dama e o Vagabundo: O Musical – Teatro das Artes


Sinopse – Ela é uma Dama. Ele é um Vagabundo. Dois mundos; duas realidades; um caminho cruzado. O que será que acontece quando nos arriscamos a conhecer o desconhecido? No mínimo uma grande aventura. Claro que falamos dos nossos melhores amigos, os cachorros. A Dama e o Vagabundo nos mostra que temos um mundo inteiro a descobrir, que o mais importante está nas pequenas coisas, que não precisamos de muito para ser feliz, mas, principalmente, que o encaixe perfeito está onde as diferenças se completam.

Classificação – Livre

Direção – André Breda
Elenco – Carol Leipelt, Caio Godard, Debora Mesquitta, Daniel de Mello, Nicolas Moraes, Alison Weller, Clarice Monteiro, Bruna Natali
Direção Musical – Cosme Motta
Coreografias – Arthur Rozas
Visagismo – Caio Godard
Som – Jorge Baptista
Programador Visual – Thiago Ristow
Produção Artística – Carol Leipelt – RPR Produções
Assistente de Produção – Giulia D’Aiuto
Produção – Fernanda Alencar
Assessoria de Imprensa – Zanon Comunicação

Teatro das Artes – Shopping da Gávea, 2º piso
Rua Marquês de São Vicente, 52 – Gávea
Tel.: 2540-6004
Sábados e domingos às 17h
R$60,00 (Inteira)/R$30,00 (Meia entrada)
De 4 de março a 29 de abril


terça-feira, 10 de abril de 2018

É amanhã


Amanhã é o seu aniversário. Quem nunca sentiu o corpo arrepiar ao ver esse rio passar? Essa escola de samba pioneira por natureza, que teve Esther, Galdino Marcelino, Paulo Benjamim, Antônio Rufino e Antônio Caetano; escola que entrou para a história como vencedora do primeiro desfile do Rio de Janeiro (1935); que introduziu a maioria dos quesitos hoje julgados; que tem fundamentos de sobra; que possui a mais importante e renomada Velha Guarda; que teve Dodô e Vilma a nos encantar; que já  foi o ninho de um sabiá; que tem a Tabajara do Samba a brilhar; que tem os passistas a extasiar; a ala de baianas a maravilhar; que tem os seus sambas  a fascinar; que tem o maior simbolo carnaval que nos faz delirar; escola que desperta uma paixão avassaladora até mesmo em seus momentos de dificuldades (como explicar?). Pois é, não se explicanão se resume, não se define, não se mensura tampouco  se compara, apenas se sente. Como simples torcedores que somos agradecemos a sua existência.
Parabéns Majestade do Samba!


quinta-feira, 29 de março de 2018

Mangueira do Amanhã define enredo para o Carnaval 2019

Por Redação SRzd


A Mangueira do Amanhã definiu seu enredo para o Carnaval 2019: “Vamos brincar os 90 anos de Carnaval”. A escola mirim vai contar na Marquês de Sapucaí no próximo ano a história dos 90 anos da Mangueira, a partir do desfile de 1929, na Praça XV.


A agremiação vai lembrar enredos, artistas, poetas, mestres de bateria, porta-bandeiras, mestres-salas que fizeram história na Verde e Rosa, além das líderes comunitárias Neuma e Zica, os projetos sociais, a comunidade e os torcedores mangueirenses.
A logo do enredo foi desenvolvida pelo carnavalesco Bruno Faria com a arte do carnavalesco Leandro Vieira.

Fonte: www.srzd.com

sexta-feira, 23 de março de 2018

Caça aos ovos de Páscoa – Bondinho Pão de Açúcar




Para quem está em busca de um programa divertido para as crianças durante o feriado de Semana Santa, o Bondinho das Crianças está programando uma divertida caça a ovos no sábado, 31, véspera de Páscoa.

A atração, marcada das 11h às 13h, será comandada pelo Circo Macaco Prego e além da tradicional caça aos ovos, terá muitas atividades para entreter a criançada, como contação de histórias, pintura facial, confecção de orelhas de coelho e muita música e brincadeiras. O evento é aberto aos visitantes do complexo turístico e acontece no Espaço Discos do Morro da Urca e ainda contará com menu especial e desconto para a criançada.

Com a promoção Carioca Maravilha, os ingressos para o passeio de Bondinho custam a metade do preço para cariocas e moradores do Rio e Grande Rio, basta apresentar RG original com foto e comprovante de residência. Crianças menores de seis anos não pagam.

Bondinho do Pão de Açúcar
Avenida Pasteur 520 – Urca
Tel.: 2546-8433
Sábado, 31 de março, das 11h às 13h
Ingressos Carioca Maravilha: R$40,00 (adultos)/R$20,00 (crianças entre seis e 12 anos)


Bebês no MAR – Museu de Arte do Rio


O Museu de Arte do Rio – MAR, sob gestão do Instituto Odeon, terá uma programação voltada para crianças de zero a dois anos. A atividade Bebês no MAR, que acontecerá sempre no penúltimo sábado do mês, será realizada pela primeira vez no dia 24 de março, às 10h30 e às 11h30. Com capacidade para 20 crianças, junto com seus acompanhantes, as primeiras sessões vão explorar elementos sensoriais e musicais da exposição “Dja Guata porã | Rio de Janeiro indígena” – como instrumentos usados pelos índios que fazem parte da mostra.

A atividade faz parte do calendário das celebrações pelos 5 anos do MAR, pensadas para despertar um sentimento de pertencimento no
s moradores da cidade e atrair cada vez mais o público carioca para dentro museu.

Classificação – de 0 a 5 anos de idade

Museu de Arte do Rio – MAR
Praça Mauá, 5 – Centro
Tel.: 3031-2741
Sábado, 24 de março, às 10h30 e às 11h30
R$20,00 (Inteira)/R$20,00

sexta-feira, 16 de março de 2018

A Ansiedade do seu Filho pode ser Culpa Sua

By riocomcrianças


Oi pessoal! Hoje vamos falar de um assunto muito importante: A Ansiedade Parental. Espero que gostem!
Siga-nos no Instagram e fique por dentro das novidades. @riocomcriancas
  • “Penso muitas vezes que pode acontecer algo mau com o meu filho.”
  • “Durante o dia pergunto-me se meu filho estará bem.”
  • “Pego-me pensando que podem acontecer coisas ruins ao meu filho sem que eu possa fazer nada.”
  • “Se meu filho se atrasa eu logo fico aflito.”
  • “As pessoas me dizem que me preocupo demais com o meu filho.”

Estas afirmações já passaram pela sua cabeça? Estas foram as perguntas mais pontuadas da Escala de Ansiedade e Superproteção Parental (EASP) elaborada por pesquisadores da Universidade de Lisboa.

Os pais como primeiros educadores exercem grande influência no desenvolvimento social, cognitivo e emocional dos filhos. É absolutamente saudável a preocupação dos pais com seus filhos. Respostas ansiosas são emoções inatas, alertas de situações perigosas, que por isso foram evolutivamente vantajosas ao ser humano e seus ancestrais. Entretanto, em algumas situações essas respostas deixam de ser benéficas e passam a gerar graves limitações ao bem-estar.

Os pais possuem papel central no desenvolvimento e manutenção das perturbações de ansiedade, mas é provável que o comportamento parental e a ansiedade nas crianças afetem um ao outro. Uma manifestação comum da ansiedade de pais é a chamada superproteção parental, mencionada no início. A superproteção inclui preocupações excessivas com o bem-estar da criança, contato físico ou social excessivo e infantilização.

Já nos filhos, é bastante comum que um distúrbio de ansiedade se manifeste através do medo excessivo. O medo é uma ansiedade a estímulos específicos. A infância é um período de desenvolvimento e de transformações e os medos surgem na infância com a maior capacidade de perceber perigos, de não compreender completamente as situações e de não poder controlá-las. Em alguns casos, porém, podem vir a interferir no funcionamento adaptativo da criança e gerar sofrimento, dificuldades de autonomia, dificuldades escolares e perturbações ansiosas na idade adulta.

Existem diversos tipos de Perturbações de Ansiedade em crianças relacionadas ao medo, como por exemplo a Ansiedade de Separação, o Transtorno de Ansiedade Generalizada, Fobias Específicas, Fobia Social e o Transtorno Obsessivo-compulsivo.
Nesses casos em que a ansiedade se revelar excessiva, seja da parte dos pais, seja dos filhos ou de ambos, é importante que a família procure a ajuda de um psicólogo. Esses transtornos podem ser tratados através de técnicas de Terapia Cognitivo-comportamental que são eficazes para extinguir ou atenuar os sintomas e ensinar a criança e seus cuidadores a lidarem, da melhor maneira possível, com as suas dificuldades.

Para ajudar:
  • Respire fundo. Nada de tão ruim pode acontecer que você não possa resolver. Reflita sobre as reais chances de acontecer aquilo que você teme;
  • Feche os olhos e preste atenção na sua respiração, procure uma aula de ioga ou meditação para treinar a respiração. Transmita ao seu filho as técnicas de respiração e concentração que aprender;
  • Converse com seu filho sobre questões básicas de segurança, como andar sempre ao seu lado, identificar os seguranças dos locais que frequenta, saber o que fazer em caso de emergência;
  • Não cobre tanto nem de si nem de seu filho. Perceba as reais necessidades da criança na faixa etária dela e seja flexível;
  • Tente não transparecer suas ansiedades e preocupações para seu filho. Pense, se esses sentimentos não fazem bem para você imagine para seus filhos. Procure a ajuda de amigos, familiares ou de um terapeuta para expressar seus sentimentos e ansiedades.
Texto escrito por Marcela Ferreira Freire exclusivamente para o Rio com Crianças.
Marcela Ferreira Freire (CRP 05/46551) é Psicóloga Cognitivo-comportamental e atende no Autonomia Instituto.